Como Falar dos Seus Pontos Fracos em uma Entrevista – Grupo RH VAGAS
Grupo RH VAGAS

Como Falar dos Seus Pontos Fracos em uma Entrevista

Então você foi convidado para uma entrevista de emprego e sabe que lá eles vão te perguntar sobre os seus pontos fracos. O que você dirá?

Introdução:

Em uma entrevista de emprego, uma das perguntas mais temidas é sobre os pontos fracos do candidato. Muitos se sentem desconfortáveis ao falar sobre suas fraquezas, com medo de prejudicar suas chances de conseguir a vaga. No entanto, abordar esse tópico de maneira positiva pode ser uma oportunidade para demonstrar autoconhecimento, capacidade de autocrítica e disposição para o crescimento pessoal e profissional. Neste artigo, exploraremos estratégias eficazes para discutir pontos fracos durante uma entrevista, transformando essa questão em uma oportunidade para impressionar os recrutadores.

Autoconhecimento e Preparação:

  • Antes da entrevista, é essencial dedicar tempo para refletir sobre seus pontos fracos e como eles podem impactar sua performance no trabalho. Identifique áreas em que você tem dificuldades e pense em exemplos concretos que ilustrem esses desafios. Além disso, considere como você tem trabalhado para melhorar esses aspectos ao longo do tempo. Essa autoavaliação preparatória será fundamental para responder à pergunta de forma genuína e convincente.

Seja Honesto, porém Positivo:

  • Ao abordar seus pontos fracos, seja honesto, mas evite ser excessivamente autodepreciativo. Em vez disso, destaque como você reconheceu essas fraquezas e o que tem feito para superá-las. Por exemplo, em vez de dizer simplesmente “sou desorganizado”, você pode afirmar: “No passado, tive dificuldades com organização, mas venho desenvolvendo técnicas de gestão do tempo e uso de ferramentas de produtividade para melhorar nessa área.”

Demonstre Capacidade de Aprendizado:

  • Uma maneira eficaz de lidar com pontos fracos é enfatizar sua disposição para aprender e crescer. Mencione experiências passadas em que você enfrentou desafios semelhantes e como isso contribuiu para seu desenvolvimento profissional. Os recrutadores valorizam candidatos que reconhecem suas limitações e estão dispostos a investir em seu aprimoramento contínuo.

Relacione seus Pontos Fracos com a Vaga:

  • Ao discutir suas fraquezas, tente relacioná-las ao contexto da posição para a qual está se candidatando. Isso demonstra que você compreende os requisitos do cargo e está pensando proativamente em como superar possíveis obstáculos. Por exemplo, se estiver se candidatando a um cargo que exige trabalho em equipe, você pode mencionar como está trabalhando para melhorar suas habilidades de colaboração.

Conclua com uma Nota Positiva:

  • Após discutir seus pontos fracos, encerre sua resposta com uma nota positiva, enfatizando seu compromisso com o desenvolvimento pessoal e profissional. Transmita confiança de que você é capaz de superar desafios e contribuir de forma significativa para a equipe e a empresa.

Não é que você precisará mentir para o entrevistador. Você poderá falar dos seus defeitos de forma aberta. Porém, você precisará mostrar uma solução para o defeito em questão.

Mostrar que você é transparente é importante, mas, é ainda mais importante mostrar que você é consciente. E uma pessoa consciente sabe que defeitos precisam ser consertados e trabalham nisso. Então, se você for dizer que tem um determinado defeito, conte o que você faz para melhorar e corrigir esse problema.

Digamos que você irá mencionar a sua ansiedade. Você dirá para o entrevistador que é ansioso demais. Ok! Pode falar, mas você tem que mostrar para ele como você vem lidando com isso. Entende?

Então como dizer? Diga: “Sr. Fulano, eu sou muito ansioso; e eu penso que esse é um ponto negativo meu, mas eu tenho feito algumas coisas para melhorar. Por exemplo, eu estava muito ansioso para vir aqui e conseguir uma oportunidade (fale qual é o cargo que almeja). Aí, para não ser prejudicado pela minha ansiedade, o que eu fiz? Eu procurei me informar sobre tudo que poderia acontecer aqui. E é isso que tenho feito para controlar minha ansiedade. Eu estou procurando me informar muito sobre tudo, e isso faz com que eu equilibre um pouco dessa ansiedade que sinto. E, isso, de certa forma, tem se tornado meu ponto forte, pois estou procurando me comunicar, me informar mais sobre as coisas necessárias. Hoje, por exemplo, perguntei muito para os meus amigos como era uma entrevista, se é difícil, conversei com pessoas que já passaram por isso; e eles foram me mostrando como era, e eu fiquei bem mais tranquilo, mais sossegado, me ajudou muito a controlar a minha ansiedade. Então o que eu tenho como meu defeito, e sei que é, tem sido de grande valia para mim”.

Percebeu que você falou sobre um ponto negativo, mas mostrou muito mais do que só um defeito seu? Você mostrou como você está tentando resolver o problema.

Outra coisa que você pode mencionar além dessa questão da informação, dependendo do seu ponto negativo ou seu ponto fraco, é: “olha na minha vida (escola, faculdade, família, amigos) eu estou tentando fazer mais apresentações. Assim eu tenho perdido bastante da timidez. Eu estou procurando ouvir muito as pessoas e às vezes quando a minha opinião não é aquela que predomina, eu deixo de lado e me esforço para fazer as coisas acontecerem.” (essa resposta é para o caso da timidez)

Essa também é uma maneira de você mostrar que está fazendo mudanças no dia a dia.

Conclusão:

Abordar os pontos fracos durante uma entrevista de emprego pode ser uma oportunidade para destacar sua honestidade, autoconhecimento e disposição para o crescimento. Ao seguir essas estratégias e abordar o tema de maneira positiva e construtiva, você pode impressionar os recrutadores e aumentar suas chances de sucesso na busca por emprego. Lembre-se sempre de ser autêntico e demonstrar sua capacidade de aprender e evoluir ao longo do tempo.

Boa sorte com isso. Desejo que tenham sucesso. E para mais informações sobre esses assuntos, você pode navegar pelo site.

Até o próximo artigo!

12 comments

Aguarde, estamos carregando sua vaga!

0